Captura de Tela 2017-12-15 às 23.03.00

“Ergam suas taças, eu vou derramar meu coração…”

Brasília tem amor. Em forma de gente, de projetos bacanas e, definitivamente, em forma de bandas! E quem se atreve a dizer o contrário, definitivamente não conhece BSB <3

“Deh, você só sabe falar de banda?”. Não. Para falar a verdade – e deixando a modéstia completamente de lado – sei falar sobre muita coisa! Mas insisto no tema música / bandas porque, no fundo, no fundo, gosto mesmo de falar sobre o que mexe com meus sentimentos… e a ‘cena’ musical de BSB toca a minha alma!

Então, nada melhor do que voltar com o blog falando sobre o que amo, não é mesmo?

É muito didicil falar de uma banda sobre a qual tantos já falaram e continuam falando – porque eles são fodas . QUALQUER coisa que eu venha a dizer vai soar repetitiva. Isso é um fato.

Eu estou há meses pensando num post sobre essa banda, mas sempre empaco no meio do raciocínio e acabo deixando pra depois…

Ontem, após assistir mais um show deles, entendi que talvez eu sempre travo porque amor a gente sente – não necessariamente descreve. Talvez eu precisasse de um tempo para deixar todo esse sentimento “assentar” no peito para poder, enfim, tentar coloca-lo em palavras.

Com isso em mente, esse não é um post para propriamente divulgar a banda… até porque, para saber mais da formação e sobre o trabalho, basta jogar o nome deles no google e vocês vão se deparar com uma enxurrada de matérias legais que contam mais sobre eles – talvez num viés um pouco mais “técnico”.

Esse é um post para falar de sentimento; de amor e de gratidão.

Meu amor pela Lupa é relativamente recente. Conhecia um som ou outro um brinde às madrugadas de insônia procurando novos artistas no youtube e NUNCA conseguia ir em um show deles ou ver um inteiro pensem numa novela hahahahah .

Eis que surgiu a campanha de financiamento coletivo pro cd da Lupa e resolvi “embarcar” – divulgando e contribuindo com o que eu podia.

“Mas Deh, por que você contribuiu num projeto de uma banda que você nem conhecia direito?”

Porque eles fizeram uma coisa tão organizada, bem montada e com um texto / video tão fofo e sincero que eu aposto que – no meu lugar – vocês também se convenceriam de que precisavam contribuir hahahaha O fato é que a Lupa transmite verdade e transborda amor! E isso basta para convencer qualquer um a embarcar em qualquer jornada com eles.

Eu não me canso de falar e repetir que acredito no papel significante que a música tem – não só em termos de expressão de cultura, mas também no de motivação e inspiração de mudanças. E nunca vou deixar de bater na tecla de que os músicos são parte vital nesse processo e nas nossas vidas.

A música cura – experiência própria, vai por mim! ;) Reza a lenda que colocar músicas do Lupercália na U.T.I. alegra os pacientes e abaixa a pressão arterial hahahaha mas isso é assunto pra outra hora!

O fato é que, na Lupa, a música vem em formato de amor transbordado em cada nota, em cada abraço, sorriso e gesto.

Nenhum show é igual ao outro. Eles sempre mudam um arranjo aqui ou ali pra fazer as transições entre as músicas que compõe o setlist – fazendo com que tudo soe novo. Sempre conseguem triplicar a energia e o amor que passam no palco e SEMPRE abraçam / cativam todo mundo com maestria.

A preocupação em trazer algo novo pro palco é notável… e isso pressupõe um carinho e respeito com o público – seja ele composto por fãs de longa data ou não – que poucas bandas que conheço transmitem com tanta verdade.

Aos que estão lendo esse post e não conhecem a banda, fica o convite para se aventurarem pelo Lupercália.



Aos que forem de Brasília e quiserem sentir um pouco do que eu sinto toda vez , tem show DE GRAÇA, esse domingo (17/12), no CCBB (mais infos lá na página da Lupa)

Aos queridíssimos membros da banda – Múcio, João, Lucas, Victor e André : que vocês nunca percam o dom de se divertirem fazendo o que amam, de espalharem amor e de dividirem, com tanto carinho, a jornada de vocês com o público que os acompanha. Que o caminho de vocês seja sempre repleto de energias positivas e de muito sucesso. You never cease to amaze me <3
xoxo

Deh ;*

/ Foto: Diego Bresani //